Artigos publicados em "Lentes de Contato"

Adaptação de lentes de contato renovam visual de paciente que usava óculos.

dez 10, 2013   //   by admin   //   Lentes de Contato  //  No Comments

Dr. César Lipener adapta lentes de contato em funcionaria da Rede TV, renovando o visual e aumentando a autoestima da paciente.

Cirurgia de catarata com facoemulsificação e sem pontos.

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato  //  No Comments

Já faz alguns anos que passamos a realizar a cirurgia de catarata através de uma nova técnica,  chamada de FACOEMULSIFICAÇÃO. Esta é a técnica mais atual que existe e sem dúvida a mais utilizada, estando portanto  consagarada.

Apesar de muito se falar a respeito, esta técnica não utiliza raios laser. Trata-se na verdade de um aparelho que usa o ultrassom e cuja ponta, de 2,2 a 2,75 mm, vibra em alta frequência. Com a introdução da ponta do aparelho dentro do olho, pode-se “quebrar” e aspirar a catarata por uma abertura bem pequena ,com menos  de 3 mm,  bem menor portanto que aquela usada na  outra técnica. Por esta pequena incisão, graças ao desenvolvimento de novos materiais, pode-se implantar uma lente intra-ocular dobrável, sem que seja necessário aumentar o tamanho da abertura. Esta incisão é feita de modo a tornar-se  auto-selante, isto é, pode dispensar o uso de pontos para fecha-la. Quando necessário, usa-se 1 ou 2 pontos de segurança. Frente a certas condições intra- operatórias, pode ser necessário ampliar a abertura, usar  lente intra-ocular não dobrável e fechar a incisão cirúrgica  com pontos. Felizmente, na imensa maioria das vezes é possível realizar a cirurgia sem a necessidade de sutura.

A cirurgia é feita com anestesia local e sedação, permitindo que a alta seja dada  logo a seguir. Assim como a  maioria dos médicos, preferimos  realiza-la em ambiente hospitalar, com a presença de um anestesista na sala e com monitorização do  paciente . Isto torna-se mais importante ao lembrarmos que a maioria dos pacientes operados são idosos, e muitos são  portadores de outras doenças como diabetes e hipertensão arterial.

A grande vantagem da técnica da facoemulsificação além do resultado final, é a possibilidade de uma recuperação mais rápida, com menos inflamação ocular e menos astigmatismo pós-operatório e menos uso de medicações nesta fase. . Tudo isso permite ao paciente uma recuperação mais precoce, facilitando o retorno às suas atividades  num tempo menor. A alta com a prescrição dos novos óculos acontece  de 15 a 20 dias após a cirurgia, portanto bem mais rápido quando comparada com a técnica extra-capsular.

Além disso, temos hoje disponíveis lentes intra-ocuklares bifocais e tóricas ( para correção do astigmatismo ) aumentando a chance de não depedner de óculos após a cirurgia.

Trata-se portanto de mais um grande avanço da oftalmologia disponível em nossa clínica , que faz com que a cirurgia de catarata, apesar de muito delicada, seja menos complicada para o paciente e seus familiares, reduzindo o tempo de recuperação e o afastamento de suas atividades, o que é muito importante nos dias de hoje.

Lentes de Contato – conhecer e poder usar.

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato  //  No Comments

Apesar dos recentes avanços das cirurgias oftalmológicas, o  uso de  lentes de contato ainda é  uma  excelente  opção para corrigir os defeitos ópticos oculares.

Atualmente é possível corrigir práticamente todos os defeitos visuais com lentes de contato. Novidades recentes  como por exemplo  as lentes de contato  bifocais e multifocais, usadas para correção da  presbiopia, problema conhecido   popularmente como  vista cansada e as  gelatinosas  que corrigem o astigmatismo ( gelatinosa tórica ), já são  encontradas em  nosso meio. Podemos afirmar com segurança  que temos  disponíveis atualmente  aqui no Brasil  todas as principais lentes existentes na Europa e nos Estados Unidos.

Apesar disso, poucas pessoas acabam tendo acesso a  elas, muitas vezes por falta de informação.

Isso fica mais evidente quando se compara  o nosso mercado com os de outros países.

Estimamos  que existam   hoje no Brasil  aproximadamente 2 milhões de usuários de lentes de contato. Isso representa  pouco mais de 1% de nossa população.

Esse número é considerado baixo quando comparado com Estados Unidos e Japão  porém ele é  maior que o de muitos países da América Latina e Europa. O problema é que pelo  número de candidatos  potenciais, deveríamos ter um número de usuários  muito maior. Aproximadamente 50% da população necessita de algum meio de correção visual e, como vimos anteriormente , apenas 1% destes usa lentes de contato.

Apesar disso, percebemos que número de novos usuários cresce a cada  ano. Mas a  falta de informação ainda é um grande obstáculo e contribue para que este  número não cresça em proporções maiores. Para dar um exemplo, ainda existem pessoas que acreditam  que as lentes de contato podem provocar alergia, além daqueles que  deixam de usa-las  por acreditarem que seu defeito visual não pode ser  corrigido  por elas , o que também não é verdade. Outro fator que deve ser levado em consideração é o número relativamente alto de pacientes que abandonam o uso de suas lentes  por causa de  problemas que poderiam ser solucionados com tratamentos relativamente simples  ou com uma orientação mais  adequada.

Outro fator  importante para que  alguns  usuários  desistam de usar suas lentes é a   manutenção inadequada ou o uso incorreto de produtos, como por exemplo, o   soro fisiológico. Quando  não se  cuida bem das lentes, a chance de vir a desenvolver algum tipo de  problema é  muito maior.  Uma outra grande preocupação  dos oftalmologistas é a adaptação muitas vezes  inadequada, feita fora dos consultórios médicos, e que pode ser responsável  pelo  aparecimento de intercorrências  que  impeçam , temporaria ou definitivamente, o  uso suas lentes. Não se deve esquecer que a lente está em contato direto com a córnea e  interfere no seu metabolismo e fisiologia.

Ao contrário do que ocorria a  alguns anos atrás, quando os usuários tinham que limpar suas lentes com inúmeros produtos diferentes ou até ferve-las, a  manutenção  tornou-se atualmente um passo simples e  prático

Existem produtos  chamados multi-propósitos  que fazem todas as etapas dos cuidados  necessários para a conservação  das lentes.Além de limpeza  e remoção parcial de proteínas, possuem um alto poder de desinfecção, diminuindo a chance de contaminação das lentes .

Todas as vezes que as lentes são retiradas dos olhos, devem   ser limpas e  colocadas no estojo  imersas em uma  solução específica para lentes, como por exemplo as chamadas multi-uso. è de extrema importância lembrar que mesmo as pessoas que usam lentes descartáveis e não dormem com elas, e isso ocorre em 95% dos casos, devem fazer a  limpeza   e  desinfecção diáriamente .

Outra preocupação que temos é quanto aos riscos causados pela   substituição dos  produtos para limpeza e desinfecção  pelo soro fisiológico. O soro  não limpa nem retira os depósitos proteicos das lentes, deixando-as mais sujas, contaminadas e menos confortáveis. Além disso o soro pode ser um ambiente propício  á  proliferação de microorganismos nocivos  à saúde ocular. Outro problema do soro é sua cristalização, ou seja, o sal (cloreto de sódio) fica cristalizado e   ao aderir às lentes, pode  provocar desconforto e diminuir o tempo de vida útil das mesmas. Na verdade, a maior causa de reações tóxicas em usuários de lentes de contato  é o uso  soro fisiológico, devido à presença de  preservativos químicos na sua composição .

Como   mensagem  aos usuários, recomendo  que sigam rigorosamente as orientações do seu oftalmologista  quanto à manutenção , ao período de uso e ao tempo de descarte de suas lentes . Além disso, que não  esqueçam  dos problemas que podem ser causados pelo uso inadequado, e  que por isso devem  cuidar muitíssimo bem de suas lentes, deixando-as sempre desinfetadas e limpas. Quando algo não estiver bem, retire suas lentes e procure seu médico.

Para aqueles que querem começar a usar lentes, minha sugestão é que procurem o seu oftalmologista e ele, depois da realização de exame e teste  apropriados , dirá qual o melhor tipo de lente para você, podendo assim  satisfazer suas  necessidade visuais e pessoais.

Vista cansada

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato  //  No Comments

A presbiopia ou “vista cansada”é uma redução fisiológica da capacidade de enxergar de perto e  para a maioria das pessoas, tem início após os 40 anos. Práticamente 100% das pessoas depois dos 50 anos irão se deparar com este problema, que ocorre por uma ineficiência  de acomodação da visão para perto,ocasionada  pela perda da elasticidade do cristalino (lente natural do olho).

Atividades diárias como ler e escrever, desde livros, revistas, jornais,  cartões, uso de celulares e SMS até  a validade de um produto,  tornam-se tarefas cada vez mais  difíceis ou mesmo, impossíveis.

O momento em que aparece e a  rapidez com que a presbiopia se estabelece varia de uma pessoa para a outra e sofre influência também  da quantidade e tipo de grau que o paciente tem  para longe. Em geral o problema demora mais para se manifestar nos mípoes enquanto nos hipermétropes o aparecimento em geral é notado mais precocemente .

O uso dos óculos é necessário quando as atividades relacionadas com a visão de perto estão comprometidas pela presbiopia. Pode -se usar óculos sómente para perto, bem como multifocais ( perto, longe e kmeia distãncia), além de óculos  que corrigem para perto e meia distãncia .

OUTRA OPÇCAO CADA VEZ MAIS UTILIZADAS SÃO AS LENTES DE CONTATO, COM RESULTADOS MUITO BONS, PRINCIPALEMNTE PARA ATIVIDADes sociais e de lazer .

 

Perguntas Frequentes

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato, Perguntas Frequentes  //  No Comments

Dúvidas?

Este é o espaço destinado a você caríssimo paciente e/ou familiar interessados em cuidar melhor dos seus olhos.

Mande sua pergunta e encontre a resposta.

Cuidados

dez 22, 2011   //   by admin   //   Cuidados, Lentes de Contato  //  No Comments

O  oftalmologista é a pessoa mais indicada para fazer a adaptação de suas lentes de contato.

Só ele, por conhecer a fisiologia dos olhos saberá, depois da realização de exames e testes  apropriados:

  • qual o melhor tipo de lente para você, podendo assim  satisfazer suas  necessidade visuais e pessoais com menor chance de complicações .
  • além disso, compete a ele também ensinar como colocar e tirar as lentes, como mantê-las corretamente, bem como estar disponível em caso de dúvidas ou intercorrências .

Manutenção

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato, Manutenção  //  No Comments

Quando não se  cuida bem das lentes, aumenta-se a chance de vir a desenvolver algum tipo de  problema que interfira no seu uso  é  muito maior.

É grande  a nossa preocupação  com a adaptação muitas vezes  inadequada, feita fora dos consultórios médicos, e que pode ser responsável  pelo  aparecimento de dificuldades  que  impeçam , temporaria ou definitivamente, o  uso suas lentes.

Importante:

A lente está em contato direto com a córnea e  interfere no seu metabolismo e fisiologia. Quando não se toma os devidos cuidados, podemos precipitar complicações  graves, como as úlceras de córnea .

Tipos de Lentes

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato, Tipos de Lentes  //  No Comments

Trabalhamos com todos os tipos de lentes de contato:

  • Gás permeáveis ( siliconadas e fluorsiliconadas ),
  • gelatinosas convencionais (descarte anual )
  • descartáveis e de troca programada
  •  lentes especiais para ceratocone, para pacientes operados de transplante de córnea, traumas oculares e cirurgia de miopia e astigmatismo.
  • Adaptamos também lentes coloridas com ou sem grau.

Lente de Contato

dez 22, 2011   //   by admin   //   Lentes de Contato  //  No Comments

Atualmente é possível corrigir práticamente todos os defeitos visuais com lentes de contato.

Novidades recentes  como por exemplo   lentes bifocais e multifocais, usadas para correção da  presbiopia, problema conhecido   popularmente como  vista cansada e as  gelatinosas  que corrigem o astigmatismo (gelatinosa tórica ), já podem ser  encontradas em  nossa clínica .

Uma de nossas propostas nesta área é diminuir  a  falta de informação, que ainda é um grande obstáculo  para que as pessoas tenham acesso a estas novidades.  Ainda existem pessoas que  deixam de usar lentes   por acreditarem que seu defeito visual não pode ser  corrigido  por elas , o que também não é verdade. Outro problema  é o número relativamente alto de pacientes que abandonam o uso de suas lentes   devido a  problemas que poderiam ser solucionados com tratamentos relativamente simples  ou com uma orientação mais  adequada.

Trabalhamos com todos os tipos de lentes de contato, tais como as gás pérmeáveis  siliconadas e fluorcarbonadas, gelatinosas convencionais (troca anual ) e descartáveis . Dispomos  também de lentes especiais para ceratocone, para pacientes operados de transplante de córnea, traumas oculares e cirurgia de miopia e astigmatismo. Adaptamos também lentes coloridas com ou sem grau.

Quando  não se  cuida bem das lentes, a chance de vir a desenvolver algum tipo de  complicação é  muito maior.  É grande  a nossa preocupação  com a adaptação muitas vezes  inadequada, feita fora dos consultórios médicos, e que pode ser responsável  pelo  aparecimento de problemas  que  impeçam , temporaria ou definitivamente, o  uso suas lentes. Não se deve esquecer que a lente está em contato direto com a córnea e  interfere no seu metabolismo e fisiologia. Quando não se toma os devidos cuidados, podemos precipitar complicações  graves, como as úlceras de córnea .

O  oftalmologista é a pessoa mais indicada para fazer a adaptação de suas lentes de contato. Só ele, por conhecer a fisiologia dos olhos saberá  , depois da realização de exames e testes  apropriados ,  qual a lente mais adequada para você , podendo assim  satisfazer suas  necessidade visuais e pessoais com menor chance de complicações . Além disso, compete a ele também ensinar como colocar e tirar as lentes, como fazer sua manurenção de foma  correta, bem como estar disponível em caso de dúvidas ou intercorrências .